Como escolher nome para loja de calçados: dicas criativas

como escolher nome de loja

Uma dúvida recorrente entre comerciantes que estão iniciando no ramo de calçados é como escolher o nome da loja. Afinal, ele deve transmitir o conceito do seu negócio e indicar aos consumidores o que irão encontrar no estabelecimento. 

Escolher o nome de uma marca ou negócio não é fácil. Essa etapa pode ser demorada e desafiadora, pois além de entender como a loja quer ser vista em um contexto social, ainda é preciso verificar se o registro ou domínio escolhido estará disponível.

A busca por nomes criativos e de alto impacto pode ser feita de várias formas, mas para garantir uma ideia original, é importante investir tempo na etapa de pesquisa e no entendimento da missão, objetivos e valores da marca, que irão nortear todo o desenvolvimento da comunicação.

Neste post, reunimos dicas práticas sobre como escolher nome de loja, que te ajudarão a “traduzir” o seu empreendimento para o mundo. Confira!

Importância de um bom nome

Nomear a sua loja de calçados é mais importante do que você imagina. Pense que será esse nome que vai acompanhar o seu negócio diariamente e, por isso, ele deve ter um significado e ser estratégico. 

Antes de tudo, o nome faz parte da identidade da sua loja de calçados. Por isso, é importante que essa escolha dê personalidade para o seu negócio. 

O nome é essencial para comunicar-se com o público-alvo, falar sobre os seus produtos e o tipo de loja que o consumidor irá encontrar.

Quantas vezes nos deparamos com nomes de empreendimentos e, de cara, conseguimos identificar se trata-se de um negócio de luxo, de esportes, familiar etc. Essa é a importância de fazer uma boa escolha. 

Tipos de nomes

Antes de começar a pensar em ideias, vale a pena saber que existem diversos tipos de nomes. Ao conhecer esses conceitos, ficará mais fácil fazer a sua escolha. 

Nomes e sobrenomes

Lojas com nomes e sobrenomes são muito comuns e passam a sensação de um negócio familiar. Alguns exemplos de marcas que fizeram sucesso com essa escolha são Disney, Channel, McDonald’s e Ferrari. 

Para lojas mais sofisticadas, um sobrenome imponente pode ser uma boa escolha. Ou se você deseja passar a mensagem de que é um negócio de calçados para toda a família, o primeiro nome é interessante. 

Grupo de pessoas conversando em reunião
Entre as ideias de nome de loja, aqueles derivados de sobrenomes são uma alternativa.

O único ponto de atenção sobre esse tipo de nome é a grafia e a pronúncia, caso sejam complexas e estrangeiras. Nesse caso, a dica é evitar, pois poderá dificultar para os clientes na hora de pesquisar em redes sociais ou, até mesmo, falar sobre o seu negócio. 

Toponímicos

Toponímicos são os nomes referentes ao local onde a sua loja de calçados está localizada. Ou seja, eles podem fazer referência à cidade ou ao bairro onde o negócio está situado. 

Nomes desse tipo costumam ser bastante comuns e, portanto, é importante verificar se esse caminho vale a pena, já que poderá ficar muito semelhante com outro comércio ou, até mesmo, causar confusão no público na hora de diferenciá-los ou encontrá-los. 

Descritivos

Os descritivos, como a nomenclatura explica, descrevem o seu negócio. Eles também são muito comuns em lojas de calçados e podem cair muito bem se o seu comércio é mais popular ou focado na família. 

Um exemplo desse tipo de nome seria algo como Sapatinho de Cristal (pensando no público infantil), Andrea Calçados, entre outros que incluem palavras que expliquem do que se trata a loja. 

Como escolher o nome da loja?

Sendo assim, escolher o nome da loja requer planejamento. É necessário passar por algumas etapas de pesquisa, criatividade e opiniões, além de conferir o registro de marca para não haver problemas. Tudo deve ser feito com muita cautela para que o resultado seja exatamente o que você quer. 

Por isso, separamos algumas dicas de passos que devem ser seguidos para definir um bom nome de empresa. 

Faça um brainstorming

O brainstorming é a expressão que denomina uma reunião para ter ideias. Ou seja, você e mais algumas pessoas se reúnem para trocarem alguns pensamentos com liberdade, sem ninguém barrar a sugestão de ninguém. 

Anote todos os insights que forem surgindo, pois mesmo que eles não representem o nome que será escolhido, podem servir de inspiração ou, até mesmo, dar gatilho para uma outra sugestão.

Vá a fundo nas pesquisas de referências

Para a pesquisa inicial não tem certo ou errado. Comece coletando tudo o que seria uma boa referência para sua loja, incluindo nomes, cores, fontes e logotipos, para somente depois, focar no naming – processo de elaboração de um nome para empresa ou produto.

Guarde tudo o que achar válido, criando uma espécie de painel de inspiração, que guiará as tomadas de decisão e ajudará a chegar a um denominador comum. A etapa pode parecer confusa e abstrata, mas é ideal para evidenciar os conceitos ou sensações desejadas.

 

como escolher nome de loja
O painel de inspiração, ou moodboard, auxilia na tradução de ideias, sensações, sentimentos e orienta decisões.

Você pode utilizar um moodboard físico, como um quadro, lousa ou parede para pregar as referências, ou apostar em painel de inspiração online, como o Pinterest, Canva ou GoMoodboard.

Tenha claro os atributos e valores da marca

Para escolher um nome de loja que traduza a essência da marca e transmita algo positivo aos consumidores, é preciso colocar os valores e objetivos no papel. Faça uma rede de termos e palavras-chaves que definem o empreendimento e o seu papel na sociedade.

Nesse processo de brainstorm coletivo, nenhuma ideia deve ser descartada. Estipule um tempo para que todos possam contribuir com sugestões e novas alternativas. Pense também nos atributos positivos e negativos do nicho que a empresa está inserida, o que irá ajudar a entender o que poderá ser associado à sua marca pela percepção do público.

Pense em conceitos

Pegando gancho no último tópico, em que explicamos sobre a importância de anotar os valores e objetivos da loja de calçados, a criação de um conceito para sua marca pode ser um caminho. 

Isso quer dizer que criar um conceito significa pensar em uma ideia mais elaborada sobre algo. Ou seja, é ter uma concepção por trás do nome escolhido. 

Imagine que você quer dar um nome que não se encaixa em nenhum dos tipos explicados, entretanto, quer nomear com uma palavra diferente, mas que têm significado atrelado aos seus valores. Isso é um conceito. 

O conceito deve ser pensado após o brainstorming, para que você possa pesquisar e amadurecer as ideias que teve anteriormente até chegar ao ponto desejado.

Analise os concorrentes

Dedique parte do tempo para analisar a comunicação da concorrência direta e indireta. Veja como eles se comunicam, quais cores e palavras utilizam, se existe um padrão em sua identidade e como se portam com os consumidores.

Esse diagnóstico serve para inspirar a marca sobre como ela deseja estar posicionada no mercado e em relação aos seus concorrentes. Durante a etapa, oportunidades, desafios e pontos de melhoria irão surgir!

Considere o público-alvo

De nada vale desenvolver uma comunicação que não cria uma conexão com seu público. Ao buscar ideias de nomes para loja, pense também em toda a identidade da marca – ela deve atrair o perfil de seu consumidor ideal.

como escolher nome de loja
O desenvolvimento da identidade visual e textual da loja deve estar calcado nos interesses e contextos sociais do público-alvo.

Fazer uma pesquisa de mercado é uma ótima opção. Liste alguns nomes e envie para algumas pessoas escolherem o seu preferido e darem suas opiniões, seja sobre a pronúncia ou significado.

Avalie a sonoridade e a escrita

Com a lista de opções de nomes em mãos, é hora de avaliar a sonoridade e a escrita de cada um. Ele deve ser acessível, fácil de pronunciar e escrever, portanto, faça o teste com amigos, colaboradores ou potenciais compradores.

Pesquise também o significado da palavra em outros idiomas, principalmente se houver planos de levar a marca para fora do país. Nomes com siglas e datas também devem ser alvo de pesquisa para não conflitar com significados externos à empresa.

Opte por nomes fáceis de serem lembrados

O famoso “menos é mais” também faz sentido na hora do naming . Palavras complexas, extensas e de grafias complicadas dificilmente ficam na cabeça dos consumidores. 

O melhor é optar por palavras simples, mas que sejam relembradas rapidamente e que “grudam” na memória. 

Quer um exemplo? A marca Apple, com apenas uma pequena palavra, é facilmente memorizada. Difícil alguém esquecer esse nome e o segmento dele, não é mesmo?

Verifique a disponibilidade de registro

Para ter exclusividade sobre o nome da loja, é preciso registrá-lo no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). Antes, faça uma busca no site para verificar se o nome que você pretende solicitar já não foi registrado.

Para iniciar a solicitação, é preciso realizar o pagamento de retribuição por GRU (Guia de Recolhimento da União). Confira aqui informações completas sobre como funciona o registro de marcas.

Já para verificar a disponibilidade de domínio, entre no Registro.br. O nome escolhido deve seguir algumas regras:

  • Ter caracteres válidos, como as letras de “a” a “z”, números de “0” a “9”, o hífen, e os seguintes caracteres acentuados: à, á, â, ã, é, ê, í, ó, ô, õ, ú, ü, ç;
  • Tamanho mínimo de dois a 26 caracteres, não incluindo a categoria (.br);
  • Não conter somente números;
  • Não iniciar ou terminar por hífen.

Considere o SEO

Para atrair tráfego orgânico para o site ou redes sociais da loja, é importante considerar a otimização para motores de busca, também conhecido como SEO.

Palavra "SEO" com setas e lupa ao redor
No processo de entender o que é o naming e como desenvolvê-lo, é importante estudar mais sobre SEO.

Adicionar palavras-chave importantes para o nicho no nome ou slogan da loja, pode ajudá-la a se posicionar no Google, sendo facilmente encontrada por quem está pesquisando pelo termo. Um exemplo prático:

Nome: Sportinho
Slogan: calçados esportivos para todas as crianças

Nesse exemplo, o slogan pode aumentar as chances do site ser encontrado por quem busca por calçados esportivos infantis, levando vantagem no posicionamento dos resultados.

Pense a longo prazo

Algo que muitas vezes passa batido na hora de nomear a empresa é o pensamento a longo prazo. Será que daqui a alguns anos esse nome fará sentido para a sua loja de calçados? Existe alguma chance de você não gostar dele?

É por esses pontos que o processo deve ser feito com calma e com cuidado, para que o resultado seja algo que você irá apreciar e se identificar por muito tempo. 

Além disso, é importante considerar qual será o cenário da sua loja no futuro. Existe a hipótese de você vender para diferentes públicos? Abrir em novas cidades? Passar do físico para o digital (ou ambos)? 

Todos os planos para a sua loja de calçados devem ser levados em conta no momento do naming

Agora que você já sabe como escolher nome de loja, que tal se manter atualizado com dicas exclusivas de gestão? Para recebê-las semanalmente em seu e-mail, preencha o formulário abaixo!

Distribuidora Wilson131 Posts

A Distribuidora Wilson atua no ramo de atacado calçadista, levando aos clientes marcas renomadas como Ipanema, Havaianas, Moleca, Dakota e outras.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password