8 dicas de como montar uma loja de calçados virtual

Uma mulher em um sofá com uma caixa de sapato aberta

Já imaginou vender calçados além da loja física? É uma boa oportunidade para quem procura ir além dos limites físicos da cidade e conquistar terreno pelo país. Mas, para isso, é preciso aprender como montar uma loja de calçados virtual que tenha uma boa estrutura para atender as necessidades dos seus clientes.

Um dado animador, de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOMM), é que durante a pandemia, a base de usuários do e-commerce cresceu em 70% no mundo. 

Desde março, quando o Brasil entrou em isolamento social, muitos hábitos de consumo mudaram e, como já aponta pesquisa feita pelo Think With Google, a tendência é as mudanças continuarem. 

A pesquisa mostra que 25% dos entrevistados vão continuar a fazer as suas compras apenas de forma digital, e outros 24% continuarão a comprar a maior parte dos itens nas lojas virtuais

Pensando em mudanças de comportamento e na oportunidade de vender para todo o país de forma prática, o e-commerce de calçados é uma ideia que merece entrar em cogitação. Por isso, separamos neste artigo oito dicas de como montar uma loja de calçados virtuais. Confira!

 

1. Encontre a plataforma ideal para o seu e-commerce

Primeiramente, é necessário escolher a sua plataforma para e-commerce. Algumas são mais simples que outras, e pode ser que você não precise de muita ajuda profissional para isso. 

Entretanto, é importante lembrar que essa escolha pode servir no começo da sua loja, em que talvez o seu investimento seja menor. Porém, conforme seu site se torne mais conhecido, é interessante contar com desenvolvedores e especialistas no assunto.

Se você for fazer por conta própria, o Wix é uma boa ideia. A plataforma é muito intuitiva e oferece diversos recursos para personalizar e criar um site agradável para receber os seus clientes. Algumas funcionalidades que você vai encontrar:

  • Diversas opções de templates para personalizar o seu e-commerce
  • Otimização para mobile
  • Checkout seguro
  • Galerias de produtos personalizáveis 
  • Gerenciamento de loja

Outra dica de plataforma é o WordPress, a mais usada do mundo para gerenciar conteúdos, de acordo com a W3Techs.

O WordPress é muito funcional, oferece diversas funcionalidades e também a opção de instalar plugins, uma espécie de extensão que você adiciona ao seu site para deixá-lo ainda melhor e com mais ferramentas. 

Caso a sua escolha seja o WordPress, indicamos que instale o plugin WooComerce, pois ele oferece tudo o que você precisa para gerenciar o seu e-commerce de calçados. Conheça algumas funcionalidades:

  • Formas de pagamento e resgate do carrinho abandonado
  • Acompanhamento de pedidos
  • Loja do Facebook
  • Cadastro de produtos
  • Pagamentos recorrentes

Portanto, recomendamos o Wix para lojas menores e o WordPress para algo maior.

 

2. Assine um plano e garanta um domínio

Após escolher a sua plataforma, chegou a hora de fazer a sua conta e assinar um plano. Ficar na opção gratuita não oferece tantas possibilidades e não é recomendado para quem quer fazer um negócio sério na internet. 

Caso você se decida pelo Wix, a plataforma tem planos específicos para negócios, que são os Business VIP, Business Ilimitado e Business Básico. Ao escolher, pense em suas necessidades, quais são os recursos que você não quer abrir mão e o número de produtos a serem cadastrados.

O próprio Wix dá a sugestão do Business Ilimitado, mas, conforme for preciso, você pode alterar o plano. A assinatura é válida por um ano, portanto, nada o impede de passar para o Business VIP. É interessante ir monitorando os resultados ao longo do primeiro ano e sentir as suas necessidades.

Planos do Wix
Os valores correspondem ao mês de setembro de 2020. Fonte: Wix/Reprodução.

Já os planos do WordPress também são ótimos para montar a sua loja de calçados virtual. Ele oferece quatro opções, mas apenas duas delas são específicas para quem quer montar uma loja virtual:  o plano Negócios (ideal para pequenas empresas) e o eCommerce, para lojas maiores. Assim como no Wix, a assinatura também tem uma validade e você pode alterar o plano após um período.

Planos do WordPress
Os valores correspondem ao mês de setembro de 2020. Fonte: WordPress/Reprodução.

Ao assinar o seu plano, você conquista o seu domínio que, de uma forma simplificada, seria o nome e endereço do seu site. Ele deixa de carregar o nome da plataforma e passa a ter um URL apenas com o seu site. 

Por exemplo, vamos imaginar que a sua loja de calçados se chama Calçados da Lu. Quando você compra o plano, o domínio pode ser www.calcadosdalu.com, sem nenhuma menção ao WordPress.

   

3. Crie um e-commerce de calçados responsivo 

Vamos imaginar que o seu e-commerce já está com a plataforma pronta e agora é o momento de adicionar os seus calçados, informações e começar a divulgação.

Antes de tudo isso, certifique-se que o seu e-commerce é responsivo, ou seja, que ele vai se adaptar a qualquer formato de tela, seja um notebook, tablet ou smartphone. 

Isso facilita a experiência do usuário ao navegar pela sua loja virtual, o que é muito importante para que essa pessoa faça toda a jornada de compra do seu e-commerce. Muitas vezes, um possível cliente abandona o processo por ser complexo demais ou pelas dificuldades encontradas dentro do próprio site.

 

4. Faça descrições de calçados completas

Está aí um ponto em que muitos e-commerces pecam: a descrição do produto. Quando você for montar a sua loja de calçados virtual, garanta que os seus clientes irão encontrar todas as informações que precisam ao pesquisar um produto.

Portanto, quanto mais específico você for, melhor será para o usuário. Coloque informações sobre o solado, palmilha, produtos que compõem o calçado, se ele é vegano ou não (acredite, para um consumidor vegano esse tipo de dado é essencial para fechar a compra!), enfim, tudo sobre o produto em questão. 

Capriche nas fotografias, tire de vários ângulos, com o calçado no pé de alguém visto de perto e visto de corpo inteiro. Lembre-se que a pessoa está comprando pela internet e precisa ter o máximo de informações para concluir aquela compra.

As fotografias para o e-commerce são essenciais e merecem um cuidado redobrado. Ao fotografar os seus calçados, cogite contratar um fotógrafo profissional.

 

5. Pense nos detalhes do checkout

Como já dissemos anteriormente, os consumidores podem desistir da sua compra se encontrarem obstáculos ou complicações durante a trajetória pelo seu e-commerce. Na hora de fazer o checkout, ou seja, finalizar a compra, a situação não é diferente.

Ninguém gosta de mil páginas e burocracias para comprar, certo? Portanto, facilite as coisas para quem tem interesse. Dê a opção da pessoa fazer o checkout com cadastro ou apenas como visitante, pois isso já pode ajudar a evitar frustrações. 

Claro que o ideal seja o usuário criar um perfil, mas, caso ele não desejar, dê a opção de continuar mesmo assim. 

Seja mais direto, obtenha apenas as informações essenciais, que são as de pagamento e endereço. Caso queira mais dados, após o cliente concluir a venda, entre em contato por e-mail solicitando as informações.

 

6. Facilite as categorias e navegação

Você já entrou em algum site em que não conseguia encontrar nada do que queria? Quem nunca passou por isso, não é mesmo? Portanto, é muito importante atentar-se a sua barra de navegação, para que ela seja simples, organizada e intuitiva.

Outro ponto muito importante é manter um botão de busca. É muito frustrante para o usuário não contar com essa ferramenta e ter que revirar todo o seu e-commerce de calçados para encontrar o que deseja. Isso pode ser o suficiente para ele fechar a janela do seu site.

 

7. Invista em marketing digital

Após montar a sua loja de calçados virtual, chegou o momento de mostrar isso para o mundo! E claro, nada melhor do que o marketing digital para divulgar o seu e-commerce de calçados. 

Invista em postagens em redes sociais e anúncios para divulgar. Quando você ter uma boa base de clientes, comece a trabalhar o envio de e-mail marketing para divulgar promoções, novidades e outras peças.

É importante contar com a ajuda de um profissional da área ou agência de e-commerce para criar estratégias e planejamentos para uma boa divulgação que foque no seu público ideal.

 

8. Encontre um fornecedor de calçados no atacado

Para um bom e-commerce, é preciso trabalhar com produtos de qualidade, diversos e que sejam exatamente o que os seus clientes procuram. Por isso, é importante encontrar empresas que têm parceria com as maiores marcas do Brasil e já são especialistas no assunto, como a Wilson Atacado

Comprar com quem tem know-how em calçados e atacado oferece diversos benefícios para lojistas, como bons preços, compras online, atendimento em todo o Brasil e opções variadas de pagamento. 

Na Wilson Atacado, você conta com experiência de mais de 40 anos no mercado e um grande leque de modelos, numeração e marcas como Alpargatas, Moleca e Dakota.

Aproveite e confira os calçados que a Wilson oferece para o seu e-commerce. É só clicar no banner abaixoCTA banner para fornecedor de calçados no atacado

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password