Como usar a gamificação nas empresas?

gamificação nas empresas

Assim como nos jogos eletrônicos – dos consoles aos smartphones – , em que há tarefas a serem cumpridas e recompensas a cada etapa vencida, o ambiente de trabalho pode criar metas e bonificar os funcionários. Esse conceito é chamado de gamificação. É como se o comprometimento de um usuário durante uma partida de videogame pudesse ser transportado para o espaço corporativo.

Nesse conceito, gestores teriam funcionários engajados que, motivados e trabalhando com prazer, apresentariam melhores resultados.

Quer saber mais sobre o que é gamificação nas empresas e como essa ideia pode melhorar o ambiente de trabalho? Continue lendo!

Gamificação nas empresas: por que aplicar?

A aplicação do conceito de gamificação nas empresas tem basicamente três finalidades: gerar comprometimento dos funcionários, melhorar o desempenho dos colaboradores e promover a aprendizagem.

Para atingir esses objetivos, são utilizadas estratégias de jogos. Pare para pensar: na frente da tela, os gamers não ficam engajados, focados, dedicados e felizes? O videogame é uma atividade que impõe desafios, assim como o trabalho.

Dessa forma, o papel da gamificação nas empresas é fazer com que os funcionários trabalhem com afinco, garra e prazer, superando suas próprias metas, aprendendo com seus erros e recebendo bonificações pelos seus desempenhos. Tudo isso ajuda a empresa a crescer.

Os gestores definem tarefas, criam regras e fazem o monitoramento. Uma das mecânicas utilizadas é o feedback em tempo real, que indica se as decisões tomadas pelos funcionários estão certas ou erradas.

gamificação nas empresas

Outro mecanismo é a recompensa, já que qualquer jogo tem de dar incentivo aos usuários para que continuem jogando. Traduzindo esse conceito para o ambiente corporativo, a recompensa vem em forma de medalhas virtuais, pontos em um ranking ou premiação física.

O que minha empresa ganha com isso?

Especialistas em gestão afirmam que a gamificação nas empresas gera competição interna saudável. Ao trazer a estratégia de um jogo para o ambiente empresarial, a equipe cria confiança para trabalhar e se torna mais determinada. Como consequência, é bonificada.

A gamificação não é exclusividade de empresas jovens, informais ou de tecnologia. Pelo contrário. Ambientes de trabalho formais e companhias experientes também podem aderir à gamificação, que ajudará a manter clientes, funcionários e parceiros em sintonia com os valores da instituição.

Quais resultados a gamificação traz?

  • Incentivo a uma competição saudável: a competição é o motor da superação profissional e pessoal. O participante se sente satisfeito por atingir ou superar as metas que lhe são dadas e ainda ser reconhecido por isso.
  • Sentimento de conquista: o desenvolvimento de uma habilidade faz o nível de bem-estar subir. Isso nada mais é do que motivação no ambiente de trabalho.
  • Mede o desempenho: o participante tem o feedback constante da empresa. Essa avaliação é uma fase importante do processo, porque ao ter os resultados mensurados, o funcionário vai em busca de melhorias.

Como usar a gamificação na prática?

A primeira etapa é definir quais são os objetivos da empresa com a gamificação. Depois, é preciso criar regras para a atividade, definir as metas, o monitoramento dos participantes e as recompensas.

Por exemplo, você pode trabalhar com indicadores de vendas finalizadas, número de recompras, venda de um determinado item da loja no mês, etc. Cada tarefa concluída resulta em uma pontuação específica. Ao atingir a meta, o vendedor ganha uma recompensa.

A gamificação nas empresas, no entanto, não se restringe ao time de vendas. Algumas companhias utilizam essa estratégia na prevenção de acidentes de trabalho e no aumento da taxa de atendimento ao cliente. Na área de educação, resulta em alunos mais interessados em estudar.

Leia também:

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password