Como montar loja de calçados no bairro em 5 passos

Montar loja de calçados no bairro. Você já cogitou essa ideia? Seja o seu primeiro empreendimento ou a abertura de uma segunda unidade, os bairros são a bola da vez para o varejo. Isso porque a região central das cidades de médio e grande porte está saturada: existem lojas demais (concorrentes lado a lado), congestionamentos e faltam vagas para estacionar.

A descoberta dos bairros pelo varejo (além dos mercadinhos e estabelecimentos de alimentação e serviços) provocou um movimento de ocupação na periferia, que deixou de ser local exclusivamente “dormitório”.

Sem contar que ao montar loja de calçados no bairro, o atendimento tende a ser mais próximo. O vendedor se lembra do cliente e o chama pelo nome, o que acaba estabelecendo uma relação de confiança e até amizade entre as duas partes.

No varejo de bairro, há mais chances de o consumidor fazer compras frequentes. A loja é perto de casa e não é preciso perder tempo no trânsito em deslocamento até o Centro.

Se você está planejando montar loja de calçados no bairro, confira um passo a passo em cinco etapas para colocar seu projeto em prática.

1. Escolher a localização

Ao escolher a localização da loja, leve em consideração o seu público-alvo. Saiba se os seus possíveis clientes frequentam aquele endereço, como se deslocam até aquele ponto (a pé, transporte público ou de carro). Escolha um ponto comercial que é visualizado pelo cliente.

A dica é evitar imóveis próximos a obstáculos que atrapalhem a visão, como abrigos de ônibus fechados. Opte por áreas seguras: visite o imóvel três vezes num dia (manhã, tarde e noite) para entender como é a característica da região em cada período.

Verifique também se há concorrentes instalados nas proximidades, se o local é propício para incentivar a venda por impulso e se o fluxo de pedestres é alto ou baixo. Aí vai uma indicação para anotar: prefira imóveis que tenham sombra no período da tarde.

Você pesquisou imóveis e achou um que se adéqua às suas exigências e cabe no seu bolso. Agora, verifique na prefeitura se aquela rua é um eixo comercial ou misto, que permite a instalação de lojas, e se o imóvel está regularizado (tem Habite-se e se não existem pendências de IPTU). Não assine nenhum contrato sem se certificar dessas informações.

montar loja de calcados

2. Entregar a documentação

A documentação exigida para a abertura de um comércio varejista é volumosa, por isso contrate um contador para auxiliar na jornada. Basicamente, o empresário vai precisar de CNPJ, registrar a empresa na Junta Comercial, na Receita Federal, na Secretaria Estadual de Fazenda e na prefeitura (para obter o alvará de funcionamento).

O Corpo de Bombeiros vai emitir um laudo sobre a segurança do imóvel e, em alguns casos, pode exigir adequações. A Vigilância Sanitária também fará um parecer sobre o estabelecimento.

Para a contratação de funcionários, será preciso registrá-los no regime CLT (com carteira de trabalho assinada). Os trabalhadores do comércio têm piso da categoria – jamais pague valor inferior ao previsto na convenção coletiva. Será preciso pagar também férias, 13º salário, FGTS, horas extras e descanso semanal remunerado.

3. Projetar o layout da loja

A disposição dos produtos na loja vai depender do tipo de negócio que você está abrindo. Se o comércio tem foco nas classes C e D, consultores indicam deixar em exposição o maior número possível de calçados. Por outro lado, negócios voltados para consumidores das classes A/B devem reduzir a quantidade de mercadorias expostas e evidenciar itens mais caros.

Para montar uma loja de calçados, serão necessários balcões, prateleiras, gavetas, gôndolas, nichos, expositores, vitrines e painéis, que devem ser em tamanho e quantidade adequada ao espaço do ambiente.

O Sebrae orienta que os móveis ocupem menos da metade do espaço da loja para não atrapalhar a circulação dos clientes. O mobiliário deve ter altura máxima de 2 metros. Os materiais indicados para montar uma loja de calçados são: prateleiras e expositores centrais em madeira, painéis canaletados e balcões de vidro.

No fundo da loja, coloque assentos para que os clientes experimentem os calçados. Tenha lugares em número suficiente. Ah, e não esqueça dos espelhos (de chão e parede).

montar loja de calcados

4. Fazer divulgação

Montar uma loja de calçados no bairro pede um marketing bem direcionado. Seus clientes estão no bairro, então, nada melhor do que investir em campanhas de divulgação off-line.

Considere anunciar sua loja por panfletos, carro de som, jornal do bairro e rádio. Firme parcerias com estabelecimentos já instalados na região e que recebem grande volume de clientes, como mercado, restaurante, salão de beleza (especialmente se o foco do ponto de venda for calçado feminino ou infantil), padaria e loja de conveniência em posto de combustível. Você pode deixar panfletos ou cartões nesses locais.

Anúncios em carros de som funcionam muito bem para divulgar um estabelecimento novo no bairro.

No dia da inauguração da loja, por exemplo, faça ações que chamem a atenção dos compradores. Contrate um locutor, distribua brindes, cupons e alimentos (pipoca, algodão-doce). Se você estiver abrindo uma loja exclusiva, faça um coquetel caprichado e sirva salgadinhos, doces e bebidas (alcoólicas e sem álcool).

Além da mídia off-line, você pode investir em campanhas on-line, especialmente pelas redes sociais. Faça posts patrocinados e direcionados para usuários que estão na região que você gostaria de alcançar. Coloque também sua loja no Google Meu Negócio, que é grátis. Veja o tutorial que preparamos.

5. Encontrar um fornecedor

O fornecedor ideal para o novo negócio será aquele que vende os produtos que o seu público-alvo quer, mas que também oferece mercadorias de qualidade por um preço justo e com boas condições de pagamento.

Antes de contratar um fornecedor, faça uma ampla pesquisa de mercado. Vá atrás de referências pela internet, converse com os concorrentes e procure amigos e conhecidos que atuem no nicho. Depois de coletadas as informações necessárias, coloque tudo em uma planilha para facilitar a visualização e a comparação entre os distribuidores.

Essencial ao montar uma loja de calçados é trabalhar com mercadorias de qualidade. As marcas tradicionais, com artigos de bom acabamento, conferem credibilidade ao ponto de venda, especialmente para um negócio recém-inaugurado.

Mescle produtos tradicionais com itens da moda, mas sempre de marcas que inspiram confiança no consumidor.

Informe-se sobre o fornecedor. Ele cumpre os prazos de entrega? Emite nota fiscal? Os produtos têm garantia? O custo do frete vale a pena? É um distribuidor aberto a parcerias em eventos de lançamento e promoções?

Outro aspecto que o empresário deve analisar é a compra em atacado ou fábrica. Existem diferenças entre as duas modalidades. Analise cada uma e encontre a melhor opção para o perfil da sua loja.

Fornecedores de calçados de confiança, como a Wilson Atacado, oferecem a comodidade das compras on-line, basta ter um CNPJ.

A Wilson Atacado é distribuidora de marcas tradicionais e com anos no mercado, como Havaianas, Topper, Rainha, Moleca, Beira Rio, Olympikus Azaleia, Converse, entre outras. A empresa trabalha com estoque volumoso e tem produtos a pronta-entrega.

O site da Wilson permite compras a partir de 12 pares da mesma cor e do mesmo modelo. O pedido é entregue na loja indicada no cadastro.

Clique no banner e confira os calçados vendidos pela Wilson!

vender havaianas

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password