Qual a importância de fazer uma pesquisa de concorrência?

pesquisa de concorrência

Em um mercado cada vez mais competitivo, a análise de concorrência é uma ferramenta fundamental para diferenciar-se dentro do nicho calçadista. Entender o que outras lojas fazem — e como fazem — é necessário para que você crie suas próprias estratégias e encontre meios de surpreender os clientes de uma forma única. 

Diante disso, iniciamos este texto com uma dica valiosa: em hipótese alguma ignore os seus concorrentes. Fazer isso pode ser prejudicial para o seu negócio e, até mesmo, fazer com que ele não prospere. 

Se nesse momento você já está se perguntando como fazer a análise de mercado, siga na leitura e confira todas as nossas dicas. 

O que é análise de concorrência?

Para início de conversa, a análise de concorrência não tem nada a ver com copiar tudo o que as outras lojas fazem, e sim estar de olho em como esses negócios se posicionam e como você pode se diferenciar deles. 

Portanto, a análise de concorrência é como um monitoramento que você irá fazer nesses concorrentes para entender quais os diferenciais deles, quais produtos vendem, quais os valores, como é a experiência do cliente dentro da loja, entre outros aspectos. 

No entanto, não basta ir até a loja do concorrente e apenas olhar: é preciso fazer um planejamento consistente e ver esse trabalho como uma pesquisa, até porque é isso que ele é. 

Qual a importância da pesquisa?

Você precisa da sua concorrência da mesma forma que ela precisa de você. Achou a frase estranha? Entenda que, quanto mais opções disponíveis ao cliente, mais concorrida fica a busca pela atenção dele. Com produtos e serviços mais qualificados, mais competitivo e capacitado fica o mercado.

As empresas atuantes do seu nicho também são fundamentais para comparativos de qualidade e construção de fidelidade do consumidor. A conta é simples: se o consumidor está insatisfeito com a loja por algum motivo, ele estará mais motivado para mudar de empresa e criar um novo relacionamento.

Vantagens da análise de mercado

Como já explicamos, a análise de concorrência é necessária para entender como outras lojas de calçados se posicionam para que você possa estudar formas de superá-las e diferenciar-se no mercado.

Vendedor atendendo cliente em loja de calçado
A análise de mercado e concorrência são essenciais para o crescimento do mercado.

Esse tipo de informação por si só já é uma grande vantagem, mas existem outras. São elas:

  • Ter informações concisas para ajudar na tomada de decisões
  • Melhorar as vendas
  • Oferecer boas experiências ao consumidor
  • Posicionar bem a sua loja no mercado de calçados da cidade (ou região)
  • Entender o comportamento dos clientes
  • Encontrar formas de inovar
  • Identificar melhorias no atendimento e na sua loja

Identificação de concorrentes

O primeiro passo é reconhecer quem é o seu verdadeiro concorrente. Esta etapa é importantíssima pelo simples fato de que nem todo mundo que vende um produto igual ao seu é, na verdade, seu real concorrente.

Por exemplo, uma loja que comercializa chinelos em uma conveniência não chega a ser concorrente de uma loja especializada em calçados. Apesar de ser o mesmo produto, são públicos e direcionamentos de venda totalmente diferentes.

Filtre bem as lojas “competidoras” para ter uma análise mais assertiva e coerente. Afinal, se essa segmentação de empresas concorrentes não for feita corretamente, você pode estar gastando energia com lojas de públicos totalmente distintos ao seu.

Pesquisa de concorrência: o que não pode faltar?

Uma pesquisa abrangente deve envolver análises teóricas e trabalho de campo. Primeiro, você deve reunir todas as informações possíveis e estruturá-las em documentos, gráficos e indicadores. Mas isso não é suficiente. É necessário ir à campo e ver de perto como seus concorrentes atuam.

Um checklist vai ser muito útil. Listamos alguns pontos para você não se esquecer de verificar na concorrência:

  • Quantos anos de mercado tem a empresa?
  • Quais os produtos mais vendidos?
  • Há alguma diferença no horário de funcionamento?
  • O número de funcionários é maior ou menor?
  • A localização favorece o fluxo de um certo tipo de público?
  • Os preços são menores?
  • Qual o fornecedor escolhido?
  • A arrumação do estoque é agradável?
  • O atendimento é claro e resolutivo?
  • Há muitas condições de pagamento?
  • A qualidade dos produtos é inferior aos seus?

Pensando nesses pontos, chegou a hora de entender detalhadamente quais etapas devem ser incluídas na sua análise de concorrência

1. Entenda os produtos e preços da concorrência

Como sinalizamos na lista de perguntas essenciais, entender sobre os produtos e preços da loja concorrente é de suma importância para compreender se você está em desvantagem nesse quesito. 

Para isso, vá até a loja concorrente e dê uma olhada. Verifique quais são as marcas vendidas, descubra quais são os produtos que têm mais saída e, em seguida, veja como o seu negócio está em relação a isso.

Mulher analisando calçados
A pesquisa de mercado também envolve visitar o local e analisar a loja do concorrente.

As marcas do outro são de qualidade melhor que a sua? O concorrente tem mais variedade? Quais são os produtos que ainda não tem no seu estoque? Entender essa relação certamente irá dar algumas ideias sobre o seu estoque e quais produtos valem a pena investir para trazer novidades. 

Mas além de olhar os calçados vendidos, é importante entender os preços. Eles podem variar muito de loja para loja e, portanto, vale a pena conferir se eles estão acima ou abaixo dos valores do seu comércio. 

Se estiver muito acima, tente questionar o porquê disso. Também leve em consideração que a localização da loja, o tamanho do estabelecimento e outros fatores relacionados à estrutura poderão influenciar no preço final. Caso eles estejam bem abaixo do seu, compensa rever a sua tabela de preços para conferir se elas fazem sentido. Afinal, valores pequenos sempre atraem a clientela, porém não deve ser sinônimo de prejuízo para o seu negócio. 

2. Estude os canais de venda e atendimento

Marcar presença nas redes sociais é essencial para quem quer ser visto e deseja divulgar a loja por preços menores do que a publicidade tradicional. 

Além disso, a verdade é que muitas coisas mudaram na pandemia e diversas lojas entenderam que não dá para ficar fora do mundo das redes sociais, pois isso é um sinal de retrocesso. 

Essas ferramentas podem ser aliadas na hora de vender mais, já que muitas pessoas adquiriram o hábito da compra on-line ou, então, preferem tirar dúvidas por esses canais. 

Portanto, durante a análise de concorrência, pesquise e veja como as outras lojas estão no meio digital. O que elas fazem no Instagram ou outros apps? Que tipo de conteúdo produzem? Como é a comunicação? São organizados? Tem identidade visual?

Entender esses pontos e fazer uma comparação com as suas redes sociais é muito importante para encontrar lacunas e preenchê-las o quanto antes. 

Aliás, se você ainda não está nesses espaços, esse já é um sinal de alerta que deverá trabalhar. 

Já para as lojas de calçados virtuais, a atenção deve ser redobrada nesse quesito. Afinal, se você está no espaço digital, tudo em relação a isso deve ser caprichado para construir uma boa presença de marca. 

Homem negro fazendo análise de concorrência
Verificar como o concorrente faz marketing digital é essencial.

Se você vende por site, verifique como é o da concorrência, como está organizado, se a navegação é simples e intuitiva, se a jornada de compra é prática etc. Esse processo trará boas ideias. 

3. Busque dados

Cada vez mais os negócios são sobre dados e informações. Os avanços no marketing digital fez com que as redes sociais e outras ferramentas se tornassem grandes aliadas na hora de coletar esses materiais. 

Para encontrar esses números sobre a concorrência, sobretudo se você trabalha on-line, indicamos que contrate uma agência de marketing, pois interpretar essas informações nem sempre será fácil para quem não tem nenhum conhecimento sobre o assunto. 

Porém, além disso, a pesquisa na loja física do concorrente também é uma forma de conquistar dados sobre valores, produtos e marcas. 

Todas essas informações devem ser registradas e guardadas para uma análise completa mais tarde. 

4. Faça uma análise SWOT

SWOT é a sigla em inglês para Strenghts (força), Weakness (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças). Em português, também temos a sigla FOFA, que nada mais é do que a tradução desses termos. 

Explicando melhor, o SWOT é uma análise para planejamentos estratégicos, geralmente implementados quando um negócio irá começar um grande projeto. 

O SWOT é ótimo para entender um pouco mais da atual situação da sua loja de calçados, assim como para encontrar diagnósticos. Também é uma forma de ver como o seu negócio está em relação à concorrência. 

Para entender como montar o seu, deixamos o vídeo do canal Resultar Gestão que dá dicas valiosas e mostra o passo a passo da ferramenta. 

5. Entenda seu público-alvo

Compreender o público-alvo é mais um dos passos essenciais na análise de concorrência. Entender quem são as pessoas que compram na sua loja, qual o perfil delas e o que querem, irá ajudá-lo a entender o quanto você está alinhado a essas expectativas.

Ao conhecer o seu público, você também conseguirá ver se o concorrente está em acordo ou desacordo  com ele em relação aos preços, produtos, marcas, atendimento etc. 

Quando for fazer a pesquisa de campo na loja concorrente, analise quem são as pessoas que passam por lá, o que elas procuram e se o seu comércio conseguiria ajudá-las de forma mais satisfatória. 

E agora, o que fazer com todas essas informações? Deixá-las guardadas? Nada disso, este é o momento de iniciar seu plano de ação e verificar como sua loja pode se sobressair.

Tudo o que você analisou de bom deve ser copiado para o seu negócio? Pelo contrário. Todos os pontos falhos do seu concorrente, neste instante, vão ser otimizados na sua loja.

O que fazer com o resultado?

Não pense que sua pesquisa chegou ao fim, afinal, ela tem prazo de validade. O mercado está cada vez mais cíclico e rotativo, com isso, as informações, métodos de vendas e produtos se renovam em períodos muito curtos.

Esteja sempre alerta e mantenha-se bem informado sobre todas as movimentações de mercado e dos concorrentes. Com a realização da pesquisa de concorrência, a probabilidade de estar sempre um passo à frente é maior. Quem ganha com isso é – além da saúde financeira de sua empresa – o próprio consumidor.

Aliás, você sabe qual a diferença entre atender e entender o seu cliente? Clique aqui e saiba mais.

Distribuidora Wilson131 Posts

A Distribuidora Wilson atua no ramo de atacado calçadista, levando aos clientes marcas renomadas como Ipanema, Havaianas, Moleca, Dakota e outras.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password