9 promoções de início de ano para fazer na loja de calçados

promocao de inicio de ano

Tradicionalmente, os meses de janeiro e fevereiro são um período de baixas vendas para o varejo. Uma estratégia, no entanto, pode ajudar o lojista contornar esse problema: fazer promoção de início de ano.

Isso acontece porque nos primeiros meses do ano os brasileiros dão prioridade a férias e ao pagamento de impostos, como IPTU e IPVA. Os que têm filhos na escola estão geralmente envolvidos também com matrículas, materiais e uniformes escolares. Sobra pouco tempo e dinheiro, principalmente, para compras no comércio.

Quer fazer promoção de início de ano na loja de calçados, mas ainda está em dúvida em qual delas investir? Nós te ajudamos!

1. Descontos

Que tal investir em uma promoção básica, mas que funciona sempre? Comece dando descontos em toda a loja. É o momento de vender o estoque que ficou retido após as compras natalinas.

Para fazer isso, você pode ter que abrir mão de uma parcela da margem de lucro, mas valerá a pena. Lembre-se que o resultado final será a liberação de espaço no estoque, a venda de mercadorias que não tiveram boa saída e o reforço do capital de giro para comprar as novas coleções.

Uma ideia é planejar uma promoção com descontos únicos, de 10%, por exemplo. Conforme a campanha avançar, você pode entrar com abatimentos mais agressivos, de 40% ou 50%.

Outra promoção de início de ano que dá ótimos resultados é a de descontos progressivos, que funcionam como um estímulo para o cliente gastar mais, já que os porcentuais aumentam conforme o número de peças.

promoções de início de anoFoto: Benedikt Geyer

2. Combos selecionados

Fazer combos é uma ótima estratégia para vender produtos com alto volume no estoque. Raramente o cliente resiste à chamada “2 pares pelo preço de 1”. Essa promoção de início de ano é a sua chance de vender e abastecer o caixa.

Selecione alguns produtos com baixo giro, invista em cartazes promocionais e divulgue a promoção. Você pode fazer combos de sapatilhas, chinelos, rasteiras, botas, slides ou de calçados infantis, mas lembre-se: as peças devem ser selecionadas por você. Se o consumidor quiser levar um segundo par que estiver fora da promoção, o preço será cheio.

Vamos a alguns exemplos:

  • 2 sapatilhas por R$ 79,90. Dentro do combo, cada uma sairia por R$ 39,95; e fora, R$ 49,90.
  • 2 rasteiras por R$ 59,90. No combo, o preço unitário fica em R$ 29,95; e fora da promoção, R$ 45,90.

Uma dica importante: deixe claro para o cliente as condições da promoção de início de ano. Quais modelos, cores, marcas e numerações estão participando, período da campanha, formas de pagamento, política de troca e defeitos.

promoções de início de ano

3. Leve agora, pague depois

O início de ano também é momento para flexibilizar as formas de pagamento e oferecer facilidades ao cliente. O famoso “Leve agora, pague depois” pode ser uma dessas estratégias. 

Para isso, é necessário ter uma preparação financeira, assim como bom orçamento de contas a pagar e receber. É importante frisar, também, que essa promoção tem um alto risco de inadimplência dos consumidores. Por outro lado, pode criar uma fidelização com o cliente e torná-lo mais próximo à marca. 

Apesar do risco financeiro, vale a pena testar e analisar a viabilidade de aplicar nos meses seguintes do ano. 

4. Selos 

Selos colecionáveis são muito comuns em supermercados. No entanto, é possível aplicar essa estratégia em outros produtos e serviços, essencialmente em lojas e estabelecimentos do varejo calçadista. 

Antes de iniciar a promoção, decida quais produtos serão cedidos a quem completar os selos. O ideal é preferir aqueles com baixa saída, novas linhas ou que estão há muito tempo parados no estoque. Como prêmio principal, é possível escolher algum com muito saída, que faça sucesso e que os clientes geralmente almejam. 

Os selos devem ser personalizados e conter informações claras sobre o prêmio, endereço e telefone da loja e informações básicas da promoção. 

5. Trocas de presentes

As semanas pós-festas de fim de ano são marcadas no varejo pelas trocas de presentes, seja porque o calçado ficou grande ou porque o modelo não agradou. O importante nesse momento é enxergar no processo de troca uma oportunidade para gerar novas vendas.

Estimule seu time de vendas a ter uma postura diferente da concorrência na troca das mercadorias. A gente sabe que nem sempre os vendedores gostam de atender clientes que vão à loja só para trocar os presentes.

Uma dica é apresentar argumentos para seus funcionários. Diga que é o momento de faturar em um período que costuma ser fraco em movimento, influenciando diretamente no valor das comissões.

O vendedor deve entender o problema do consumidor e se empenhar para encontrar soluções. Na troca de um produto, por exemplo, o cliente pode se interessar por um modelo mais caro, não se importando em pagar a diferença. Ou ainda pode estar disposto a comprar mais um item e aproveitar os preços, já que a loja estará com promoção de início de ano.

promoções de início de anoFoto: rawpixel

6. Compre 2 e leve 3

Nessa ação promocional, você oferece uma condição mínima de compra para o cliente ganhar a terceira peça e, por consequência, aumenta o tíquete médio da loja.

É uma técnica que estimula a compra por impulso e ajuda a escoar produtos que estão no estoque. Antes de lançar a promoção, verifique a disponibilidade de itens no estoque e calcule sua margem de lucro.

Essa campanha também exige algumas regras. Você pode determinar qual peça sairá de graça para o cliente (geralmente, é a de menor preço). Jamais agrupe os três produtos. É importante que eles estejam à disposição dos consumidores para que também possam ser comprados separadamente.

promoções de início de ano

7. Exclusividade para clientes fiéis

Que tal agradar os clientes que sempre compram da loja? O começo do ano é uma ótima oportunidade para isso, principalmente se o seu produto tem um alto valor agregado e a recorrência de compra é baixa. 

Você pode iniciar fazendo uma ligação aos consumidores fiéis perguntando se eles não gostariam de passar à loja para dar uma olhada em alguma nova promoção. Caso a resposta seja negativa, é o momento de disponibilizar alguma vantagem na compra, como um pagamento para 60 dias, 15% ou 20% de desconto na compra à vista ou, até mesmo, um “compre 1 e leve 2”. 

É preciso valorizar essa retomada com os compradores da sua loja, afinal de contas, lembre-se que conquistar um cliente novo é bem mais custoso que manter um atual.

8. Bônus para a próxima visita

Uma boa maneira de iniciar uma fidelização com o cliente é oferecendo um bônus em sua primeira compra para a próxima. Um pequeno cartão com uma mensagem de agradecimento e 15% de desconto na segunda aquisição pode funcionar. 

Não esqueça de retomar o contato, caso ele demore a voltar. Pode ser uma ligação ou um e-mail. Mas lembre-se que ele precisa autorizar esse contato, caso contrário, você pode estar sendo inconveniente. 

9. Cupons de desconto

Essa ação promocional consiste em dar cupons de descontos para os clientes que efetuarem compras. O desconto seria válido por um determinado período para aquisições futuras.

Você pode adotar níveis de descontos: quanto maior a compra, mais alto será o desconto concedido nas novas aquisições.

É uma campanha que dá bons resultados no varejo e ainda tem a vantagem de estimular a recompra, trazendo o cliente mais uma vez para o ponto de venda.

Para que esse ciclo funcione (cliente compra, ganha o cupom e volta para comprar), o benefício precisa ser bom o suficiente para convencer o consumidor a sair de casa e ir ao seu estabelecimento.

Se você não quiser enfrentar problemas com a ação promocional, crie um regulamento e deixe-o à disposição dos consumidores. Alguns aspectos que o lojista precisa observar: número de cupons por CPF/CNPJ, prazo da campanha, para quais itens o cupom de aplica. Coloque o regulamento em um local que seja visível para o cliente.

Regras para promoções de início de ano

  • Tenha um regulamento e deixe-o disponível para leitura dos clientes
  • Defina o prazo da campanha
  • Verifique o estoque e calcule a margem de lucro
  • Divulgue a ação promocional
  • Defina e informe a política de troca de itens promocionais
  • Sinalize as promoções dentro da loja de forma clara e objetiva

Aproveite as dicas práticas para fazer promoção de início de ano na loja e vender mais. Assine nossa newsletter e receba conteúdos sobre gestão, marketing e vendas para lojas de calçados.

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password